O que são ações on-the-go e como se comunicar com a ajuda do Waze

O Waze possui 130 milhões de usuários, 14 milhões deles são do Brasil e 50% das navegações estão diretamente relacionadas ao momento de consumo. 

Levando isso em consideração, já te contamos um pouco sobre como guiar suas estratégias de negócio pensando nas possibilidades que o Waze oferece para alavancar seus resultados omnichannel.

Hoje, ainda pensando em como a plataforma tem oferecido soluções para marcas que queiram impactar de forma significativa seus públicos e conseguir mais visitas presenciais, vamos falar sobre o comportamento dos usuários e alguns cases de sucesso que exemplificam como ações on-the-go podem ajudar a sua empresa a se aproximar de seus clientes.


O que são ações on-the-go?

Separar completamente um grupo de consumidor de outro, não é mais possível. E isso porque a mesma pessoa transita por diferentes situações de consumo, ora exercendo um papel, ora outro.

Anteriormente tínhamos diferentes públicos-alvo e o foco era em uma comunicação de produtos para atingi-los. 

Todos estão conectados e a mensagem recebida não mais é individualizada e sim estará dentro de um contexto, sendo compartilhada por todos. 

Como consequência deste novo consumidor, cada vez mais as marcas precisarão não mais pensar o digital como uma ferramenta para ações e sim ter um plano de comunicação e uma estratégia multi-canais integrados para conectar-se com seus consumidores.

Mas isso você já sabe, certo? 

As ações on-the-go entram neste contexto, pois à medida que o consumo fica mais fluido, os consumidores tendem a realizar buscas e compras em qualquer momento do seu dia a dia, inclusive enquanto se deslocam.

On-the-go significa “em movimento”. E como você pode criar ações para atingir esse público?

O Google disponibilizou um estudo realizado pelo Waze com a Box1824 que mostra alguns comportamentos do consumidor brasileiro no momento do on-the-go, ou seja, como ele consome enquanto se desloca. Você pode conferir o resultado no vídeo abaixo: 

 

O mundo está se movendo novamente. O Waze tem reportado aumento nas navegações de seus usuários para supermercados, farmácias e lojas em geral. Locais que haviam registrado quedas na frequência desde o início da pandemia.

Com a mudança no comportamento do consumidor, os valores da comunicação institucional também mudaram, evoluindo e ganhando novos contornos. Os consumidores esperam encontrar muito mais que produtos, eles procuram por marcas que representem os seus valores e ideais. 


Como criar uma comunicação mais humana e próxima?

1 - Construção de comunidade de interesse

2 - Foco em ações locais, e não apenas globais

3 - Resgatar valores emocionar

4 - Propaganda como uma grande conversa entre marcas e consumidores

5 - Valorização da ética

Ou seja, há mudanças significativas no mundo que impactam a maneira como pensamos a comunicação. 

Ações on-the-go estão se mostrando como uma solução muito interessante não só para marcas, mas também para os consumidores que estão sendo atingidos de forma significativa e valorosa.

A integração das empresas como serviço e conveniência, transformando o deslocamento em uma grande experiência, não apenas um trajeto, é uma ação a ser considerada por todas as empresas que possuem lojas físicas, mas também precisam impactar seus clientes no ambiente digital.

Veja abaixo alguns exemplos de sucesso de ações on-the-go realizadas com o Waze que podem te inspirar: 


McDonalds

O grande desafio da rede de fast-food era continuar a oferecer os seus produtos mesmo com as restrições demandadas pela pandemia. 

A aposta no Drive-Thru serviu para entregar conveniência e segurança às pessoas.

O Waze, por sua vez, conectou um motorista em deslocamento até a loja do Mc mais próxima com a opção do drive. 

O formato de mídia "Location Personalities" permitiu que o motorista enxergasse quais lojas estavam abertas — 373 ao todo — para que os pedidos pudessem ser feitos no conforto do automóvel. 

O resultado foi o dobro de navegação entre abril e maio de 2021 e aumento de 58% de engajamento de campanha.

A marca apostou também no "Méqui Sem Fila”, em que a partir do Waze, as pessoas eram direcionadas para um espaço proprietário da marca, podendo fazer seu pedido, sendo necessário ir ao restaurante apenas para retirada.


Santander

Com bom humor, o banco em parceria com o Waze se inseriu no caminho de fãs de Big Brother Brasil ao permitir que a voz de Gil do Vigor, um dos participantes mais populares da edição de 2021, guiasse os motoristas.

Além da mídia gratuita espontânea, houve ganho para a reputação do banco: foram muitos quilômetros dirigidos com leveza e humor característicos do brother.


Decathlon

Com investimento em mídia no Waze nos formatos Pin, Search e Takeover, a Decathlon conseguiu impactar dois milhões de visitas que já tinham a intenção de comprar um item esportivo.

As lojas que receberam a campanha tiveram um volume de navegações 46% maior em relação àquelas que não foram selecionadas.


Contato mais próximo com as pessoas

O que leva uma pessoa a sair de casa não é simplesmente uma jornada racional, mas um contexto repleto de simbolismo e motivações maiores. Imagina inserir a sua empresa neste momento? 

As marcas estão apostando no contato próximo e direto com o consumidor. Por isso, é fundamental saber como e quando entrar em uma conversa e a parceria com o Waze é uma dessas possibilidades.

Com o Alpes Trends e uma equipe especializada em anúncios específicos para o Waze, você garante a presença da sua marca no local e momento certo para os seus consumidores. 

Quer saber mais? Entre em contato

Referência

NUNES, Luciano. HENRIQUES, Nicolas. Ações on-the-go: como marcas têm se comunicado com o público com ajuda do Waze?. Setembro de 2021. Disponível em: <https://www.thinkwithgoogle.com/intl/pt-br/tendencias-de-consumo/jornada-do-consumidor/como-marcas-anunciam-no-waze/>. Acesso em 21/10/2021.

ações on-the-go experiência do usuário humanização de marcas anúncios no waze waze vendas presenciais comportamento do consumidor

27 Oct 2021

Compartilhar:

Anterior

Próxima